Sobre

O que é uma Ludoteca?

De acordo com uma rápida pesquisa no google que me largou numa página suspeitíssima, a palavra “ludoteca” vem da junção de “ludus”, que significa “jogo”, e “theke”, que seria um tipo de caixa para guardar algo.

Infelizmente, no Brasil as pessoas chamam de ludoteca (ou brinquedoteca, pior ainda) esses playgrounds de criança, onde se guardam brinquedos entre piscinas de bolinhas e caixas de massa de modelar.

Entretanto, jogos e brinquedos são coisas diferentes, ainda que em alguns casos o público-alvo acabe sendo o mesmo para ambos.

Tal qual “biblioteca” se refere a uma grande coleção de livros, “ludoteca” é uma grande coleção de jogos.

Qual é o objetivo do site?

Meu principal objetivo com o site é coletar experiências, e, com estas, aprimorar o estudo do game design.

Como aconteceu?

Em 2009, um tempo depois de terminar o ensino médio, eu encontrei o curso superior dos meus sonhos: Tecnologia em Jogos Digitais. Entrei no curso, fiz algumas cadeiras e odiei. Motivo: o curso de jogos não passava de um amontoado de cadeiras de outros cursos, das quais mais da metade simplesmente não fazia sentido. As duas cadeiras de matemática, por exemplo, passavam matérias aleatórias do ensino médio, tipo funções de primeiro e segundo grau.

Abandonei o curso de Jogos Digitais, cursei uns semestres de Letras – Inglês, e eventualmente decidi virar hippie.

Não, espera – depois de cursar Letras por um tempo, resolvi parar de estudar, e tirei esse tempo pra avaliar o que poderia fazer da vida.

Nessa mesma época, um grupo de então amigos, que tinha vontade de ter um site de jogos, decidiu botar as mãos na massa e fazer algo nesse sentido; um site que olhasse os jogos pelo que eles são, independendo da idade do game ou opinião da “crítica profissional”, já que esta obviamente é manipulada. Eventualmente as pessoas quiseram implementar outras ideias e o objetivo do site foi se perdendo aos poucos, seguindo rumos diferentes do original, gerando frustração.

E eis então que encontrei outro curso de jogos; este sendo muito mais perto de casa e com cadeiras aparentemente legítimas. Entretanto, mesmo com cadeiras mais voltadas para a área da tecnologia em jogos digitais, o curso possui apenas duas ou três cadeiras voltadas para o Game Design em si, que na minha opinião deveria ser o foco de um curso de Game Design, por exemplo.

Depois de uma série de eventos irrelevantes que não vou detalhar aqui, surgiu a ideia de fazer eu mesmo esta pesquisa tão necessária para o meu curso (e futuro emprego) e de material tão escasso. Seguindo conselhos e atendendo a pedidos, criei então a Ludoteca com este objetivo.

Quero ver o video game de todos os pontos de vista possíveis. Quero entender como duas pessoas podem ter opiniões totalmente diferentes sobre o que deveria ser a mesma experiência. Quero quebrar o game design até sua molécula mais básica, e olhar dentro dela para ver como funciona. Quero obter e compartilhar este conhecimento sobre um mecanismo humano tão básico, e tão avançado ao mesmo tempo. Quero a sua opinião.

Quem somos?

Conheça a equipe clicando aqui!